sábado, 11 de abril de 2009

Nostalgia: reportagem do Fantástico sobre o surgimento do CD-ROM, em 1993

Vejam que pérola essa reportagem do Fantástico, de 1993, mostrando o nascimento dos CD-ROMs. As novidades eram joguinhos básicos e softwares como a enciclopédia Encarta, rodando em Windows 3.1!

É muito engraçado ver o Paulo Henrique Amorim deslumbrado com a qualidade de som e imagem da mídia, as "incríveis possibilidades de gráficos e sons" dos aparelhos e se divertindo com joguinhos básicos e musiquinhas dos programas, hahaha!

E também é curiosa a previsão da reportagem: "em 2000, metade dos computadores dos EUA terão um cd-rom". Com toda a certeza, nesta época, quase todos os pcs norte americanos já tinham um, e na verdade, o cd-rom já estava começava seu declínio em 2000, para ser substituído pelo dvd-rom...




16 comentários

DonAtomix 11 de abril de 2009 11:14  

Nostalgia pura!!!!!!!!!!!!!!

Spidey 11 de abril de 2009 14:41  

LOL at the post.

Confesso que da primeira vez que joguei com um CD-rom, achava Duke Nukem 3D perfeito. :X

Paulo Almeida Prado 13 de abril de 2009 08:18  

pois é! como as coisas mudam...daqui alguns anos, vamos rir de coisas tipo bluray, ps3 e etc!

Bruno Minoro 13 de abril de 2009 11:44  

Uia! Eu tinha esse Grandma and Me. Nostalgia total!

Jorge Alberto 13 de abril de 2009 20:58  

E o mais engraçado é que pronunciavam CD Room (RUM). A dúvida ficava entre o CD com birita ou um quarto para o CD.

Obrigado pela visita ao meu blog.

Abraços.

Ass. Responsável pelo blog 16 de abril de 2009 13:21  

duke nukem era o jogo mais incrível que eu joguei , quer dizer naquela época , era muito interessante os gráficos etc .

imagine como vão ser os jogos daqui a 20 anos ?

Anônimo 16 de abril de 2009 21:14  

Muito legal o post. Por aí a gente vê como as coisas evoluem rápido, sobretudo no campo da informática, chega a ser assustador. Mas o que quero comentar é um lance lingüístico. Como brasileiro já tem mania natural de inserir palavras em Inglês no vocabulário quotidiano e como isso acontece ainda mais depois da invasão da informática no nosso dia-a-dia, seria legal lembrar algumas coisas que não existem mas que estão tão comuns que é capaz de vc fazer errado também achando que é certo só porque ninguém faz de outro jeito. E é muito simples de corrigir: o plural no Inglês. Assim como no Português,o plural no Inglês na maioria das palvras é feito com a adição de "s". Sendo absolutamente claro, temos: "uma maçã, duas maçãs" em Português e "one apple, two apples" em Inglês. Alguém, algum dia, inventou que se coloca um apóstrofo antes desse "s" do plural. Mas... isso NÃO EXISTE. Aliás, existe sim, mas não como plural, e sim como pronome possessivo. A exemplo: "a maçã da professora" em Inglês fica "teacher's apple". Note que o "'s" depois de teacher não quer dizer que temos a palavra professora no plural, e sim que a maçã pertence à professora. Resumindo o blá-blá-blá, a correção pura e simples é a seguinte: plural de CD é CDs, e não "CD's". Plural de CD-Rom é "CD-Roms", e não "CD-Rom's". Isso vale pra outras coisas quaisquer,a não ser que o plural seja irregular, como "men" plural de "man". De resto, qualquer coisa, acrescente apenas o "s". Plural de "book" é "books" e não "book's", blz...

Paulo Almeida Prado 17 de abril de 2009 10:22  

anônimo, valeu pela dica, e pelo comentário enorme hahaha

na vdd, eu falo inglês bem, e tal..eu sei como é o pronome possessivo em ingles e td mais...foi uma distração, mas valeu pela preocupação ahahaa

culatra 18 de abril de 2009 14:37  

Você deve ser muito jovem, e deve estar acostumado com o DVD que também já está em declínio, mas a chegada dos CD roms no mercado, e da tecnologia multimídia foi uma revolução na informática e na forma de lidar com o computador. Até então só tinhamos diquestes de 1,44 KB. Um disco tinha um mega. Um cd podia guardar 640 megas, é um salto gigantesco. Do CD ROM para o DVD ROM o salto é grande, mas não é tão colossal, se você for pensar relativamente. O choque foi imenso. As enciclopédias no computador podiam ser comercializadas, os jogos multiplicaram em mais de 10 vezes a sua complexibilidade, Etc.
Foi revolucionário.
Para quem nasceu depois disso, ou era muito criança nessa época parece a maior besteira.

Paulo Almeida Prado 18 de abril de 2009 15:26  

Na verdade, não sou tãão novo, tenho 22...e claro que vivi essa fase do cd-rom! e antes ainda, dos disquetes, dos jogos em dos, td isso!

Eu sei como foi a revolução, mas é inevitável que isso se torne involuntariamente engraçado, tudo se torna, depois de uns anos... :D

Anônimo 18 de novembro de 2009 23:22  

nada melhor que nostalgia!!! realmete daqui a algum tempo vamos rir disso que vivemos hj com certeza, igual ao meu primeiro games em 3d tomb raider 1, quando podia deixar um objeto num certo lugar e depois estaria lá onde deixei. Como hoje temos o game "fuel" com sua grande extensão de mapa que coloca no chinelo o tmb raider 1,2,3,4,5,6...
simplesmente quero é ter saude para ver onde tudo isso vai parar!!!!!!!!

Paulo Almeida Prado 18 de novembro de 2009 23:29  

anônimo, obrigado pelo comentário num post de alguns meses atrás!

concordo com vc, tbm quero ver onde isso vai parar! hahhahah

valeu!

Anime CG 4 de dezembro de 2009 20:58  

Ver como isto evoluiu me espantou. Fazer o mesmo programinha daquel guri de quatorze anos, ao menos para mim, em flash, é fácil - o único trabalho seria acarretar as informações e os dados.

Outra coisa também é ver como eram extramente simples as coisas - hoje em dia, para vender uma enciclopédia igual aquela da Microsoft que aparece na reportagem teriam que haver mais detalhes e, se possível, fotos de satélite, no caso da pesquisa relacionar-se-a a países.

Outra coisa também eram o tamanho dos programas - pensem: hoje já temos que comprar HDs de mais de 1000 Gibabytes enquanto que, no passado, as pessoas precisavam apenas dos disquetes.

Paulo Almeida Prado 4 de dezembro de 2009 21:51  

pois é, mudou mto!

valeu pelo comentário!

Anônimo 20 de janeiro de 2010 12:39  

Nice brief and this mail helped me alot in my college assignement. Thanks you for your information.

Paulo Almeida Prado 20 de janeiro de 2010 21:08  

Oh, really? Nice! Thanks!

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Spain by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP