terça-feira, 25 de maio de 2010

Jim Carrey e suas diferentes versões em animação!

Um sujeito de sorte. Assim podemos pensar em Jim Carrey. Após anos de batalha em sua carreira, fazendo papéis pequenos e sem muito destaque, o comediante canadense conseguiu, no período de poucos meses, emplacar não um, mas sim três papéis fundamentais em sua carreira, que o levariam definitivamente para o patamar dos grandes astros de Hollywood.

Para o ator, 1994 foi o ano da virada definitiva em sua carreira. Neste pequeno período, o ator chegava as telas do cinema como Stanley Ipkiss, em "O Máskara", Lloyd Christmas em "Debi & Lóide - Dois Idiotas em Apuros" e Ace Ventura, em "Ace Ventura - Um Detetive Diferente". Três enormes sucessos, que geraram juntos um total de lucros no valor de 1 bilhão e 100 milhões de dólares, somente em bilheteria (sem contar produtos derivados, publicidade e outras fontes de renda).

Então, nada mais natural que a imagem de tais personagens continuasse a ser explorada em outras mídias. E foi o que aconteceu: ao longo do tempo, os três filmes ganharam séries televisivas em desenho animado, sempre retratando Jim Carrey como protagonista (apesar disto, o comediante não repetiu tais papéis, não dublando nenhuma das séries). Vamos agora relembrar um pouco das diferentes adaptações de filmes do ator para a TV!

Ace Ventura: logo no ano seguinte, ao mesmo tempo em que uma sequência feita para o cinema, as aventuras do detetive de animais também ganhavam as telas da televisão. A série durou 2 temporadas, sendo exibida de 1995 a 1997 na CBS.

o detetive Ace Ventura

Assista a abertura da série:



Debi e Lóide: Também em 1995, o filme mostrando as aventuras dos dois atrapalhados amigos foi transformado em desenho. Produzido pela clássica Hanna Barbera, durou uma temporada, com 13 episódios, que foram exibidos originalmente pela ABC.

o atrapalhado Lloyd

Confira abaixo um trecho do desenho animado:



O Máskara: pelo estilo do personagem, que após usar o artefato que dá nome ao filme, surta e se torna uma sequência incessante de mutações, efeitos especiais e diferentes aspectos físicos, é claro que o Máskara também ganharia uma versão televisiva. A série fez enorme sucesso, tendo duas temporadas de 1995 a 1997 na rede CBS.

Stanley Ipkiss, antes...

...e depois de usar a máscara de Loki

Veja a sequência de abertura da adaptação:



Interessante analisar que, mesmo sendo a adaptação do filme mais fantasioso, e teoricamente o único inverossímil, o desenho do Máskara é o que tem o estilo mais realista, enquanto Ace Ventura e Debi & Lóide adotaram um design mais estilizado, caracterizando Jim Carrey muito mais com um personagem de animação mesmo do que como sua imagem nos filmes. Os três desenhos animados foram exibidos no Brasil por canais como Globo, Record e Cartoon Network. E o ator também participou da animação computadorizada "Os Fantasmas de Scrooge", onde empresta seu rosto para a construção digital do personagem título, que você vê na figura ao lado (confira o trailer do filme clicando aqui).

Pessoalmente, eu gostava das três adaptações, mas preferia o desenho do Máskara, principalmente pelos motivos que citei acima (a alta variedade de efeitos, piadas e gags visuais, transformações, armas exóticas e muito mais). E você? De qual mais gostava?

Participe, comentando e seguindo o ColorScreen no Twitter!

7 comentários

Antonio Carneiro 25 de maio de 2010 13:59  

Post muito bom.
Pessoalmente, eu gostei dos filmes, mas não gostava de nenhuma dessas animações.

Chaves Papel 26 de maio de 2010 19:57  

Primeiro eu queria dizer que adoro o Jim Carrey, ele é (como diria o Máscara) DEMAIS!

Eu gosto dos três filmes!

Mas eu não me lembro muito do desenho Ace do Ventura e não me lembro nada do outro!

Agora, o melhor desenho sem dúvida é o do Máscara.

Na verdade esse é um dos melhores desenhos de todos os tempos, ele é muito bom!

Jonatas 28 de maio de 2010 21:28  

Com certeza o Máskara era o melhor. Eu chego a considerá-lo um dos melhores desenhos animados de humor de todos os tempos.

Fabio 12 de junho de 2010 16:45  

Sinceramente: nunca vi o filme "Debi e Lóide". "O Máskara" eu não gostei. Curti o primeiro "Ace Ventura", mas não gostei do segundo.
Nos desenhos: não gostava do "Debi e Lóide", só assistia para não perder "X-Men" que passava logo depois no Cartoon Network.
"O Máskara" eu gostava tanto quanto o filme...
O desenho do "Ace Ventura" era mais legal, tem até um episódio em que ele encontra o Máskara, esse sim, eu gostei...

Gabs 8 de julho de 2010 09:07  

Adoro o Jim Carrey! Mas eu, particularmente, não gostava muito do desenho Ace Ventura, achava meio chatinho, sei lá. Em compensação O Máskara e Debi & Lóide eu adorava! Ah, eu acho que ainda podiam ter falado do Grinch. Tudo bem que o filme com o Jim Carrey é uma adaptação da animação do Dr. Seuss, mas acho que podiam ter feito um paralelo sobre isso =) Beijo

Paulo Almeida Prado 8 de julho de 2010 18:56  

Obrigado a todos pela visita e pelo comentário!

"Ah, eu acho que ainda podiam ter falado do Grinch. Tudo bem que o filme com o Jim Carrey é uma adaptação da animação do Dr. Seuss, mas acho que podiam ter feito um paralelo sobre isso" - então, Gabs, até pensei nisso, mas resolvi me ater a falar só sobre versões animadas dele, e não o contrário!

Obrigado

Markin Furkin 8 de julho de 2010 19:50  

O Woody da trilogia Toy Story,o rosto dele foi molde

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Spain by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP