terça-feira, 2 de março de 2010

Os momentos mais constrangedores do Robocop!

Um dos maiores fenômenos cult das últimas décadas. Assim podemos definir Robocop. Sua primeira aparição se deu em 1987, no filme "Robocop - O Policial do Futuro", dirigido por Paul Verhoeven, onde, em um futuro próximo, conhecemos Alex Murphy. Policial honesto na cidade de Detroit, Murphy acaba sendo fuzilado, durante uma ação contra uma quadrilha. Em estado de quase morte, Alex passa por um processo de robotização, se transformando em Robocop, um policial cyborg, que conta com diversos recursos robóticos para combater o crime.

É importante ressaltar que o filme tem temática adulta, sendo restrito a um público mais maduro (existem diversas cenas fortes/chocantes, principalmente a quase morte do policial, quando ele é torturado por bandidos, tem membros destroçados, leva tiros no peito e na cabeça e etc), mas, como é mais conveniente para o mercado, Robocop se tornou um ícone infantil! Após o sucesso do primeiro filme, que ganhou duas sequências, o personagem também gerou diversos subprodutos, voltados ao público infantil como série de tv, brinquedos, desenhos animados, jogos de videogame e etc.

Na década de 90, como observado pelo site ToplessRobot, o mundo sofreu de uma verdadeira "overdose de Robocop". O robô policial estava em todas, era um dos maiores ícones da cultura pop da época, ao lado de personagens como as Tartarugas Ninja e os Simpsons. E, repentinamente, o cyborg começou a ser usado em todos os tipos de aparições e campanhas publicitárias, sem refletir em nada a essência e o tom de sci-fi do filme original.

Por isso, nada melhor que conhecer algumas das participações mais constrangedoras do Robocop no show business!

Jogo de telefone: era só ligar para um número 1-900 (a versão americana do 0900 brasileiro, números de serviços pagos) e você participava de um jogo via fone, onde podia ganhar prêmios como videogames e pinballs. Tudo isso por "apenas" US$1,50 por minuto!



Brinquedos: em 1989, o filme foi o primeiro não direcionado para crianças a gerar uma série animada. Adaptada com temática mais leve, "Robocop - The Animated Series" fez sucesso e, claro, deu origem a vários brinquedos, cujos comerciais seguem abaixo:



Televisores: é claro que alguma marca de eletroeletrônicos iria associar a imagem futurista do personagem aos seus produtos! E foi assim com a coreana Goldstar (LG), que usou o robô para anunciar seus aparelhos de TV:



Campanha anti drogas: o personagem, ao lado do ator que o interpretou, Peter Weller, também apareceu em campanhas de combate às drogas. Essa iniciativa é muito válida e nada condenável, mas também será citada aqui, mais como curiosidade! Veja:



Inseticida: Robocop também leva uma lata de anti-insetos em sua aparelhagem. Precisa falar mais? Reparem no rosto do ator japonês a vestir o traje do cyborg, bem diferente do original:



Comida: para finalizar, as situações mais absurdas com o personagem! Robocop e seus anúncios de alimentos! Primeiro, o cyborg ensina um exército de clones seus a preparar miojo! Sim, isso mesmo. Veja a seguir:



E, agora, o "melhor" anúncio protagonizado por Robocop. O robô, com fome, resolve roubar o frango frito de uma família japonesa. Para isso, sai da TV e anda pela casa, come e ainda resolve levar a geladeira em seus ombros, quando volta para o seu mundo. Simplesmente surreal:



Bônus: não é só em comerciais que o personagem fazia aparições inusitadas. No ano de 1990, Robocop participou de uma luta de luta livre, no torneio "Capital Combat 90", da já extinta federação de wrestling WCW. O cyborg ajuda o lutador Sting a se safar de uma jaula, aonde foi colocado por seus oponentes. Para assistir, clique na imagem ao lado; imperdível!

Eu gosto da idéia do filme original, lembro bem do auge da febre Robocop e gosto do personagem. Mesmo assim, acho difícil alguém não se divertir ao ver o cyborg em situações tão absurdas. Altamente hilário! E você, o que achou?

Deixe sua opinição nos comentários e também visite o ColorScreen no Twitter!

10 comentários

Aränha 2 de março de 2010 09:25  

Ha ha! Muito bom, Paulo! Excelente! O comercial do 1-9OO-blablabla é estúpido. Hahaha! Mas a campanha anti-drogas é louvável. Gosto quando usam a cultura pop e seus ícones como mais do que uma maneira de marketing.

E sobre o Robocop no WCW [ou você realmente achou que eu não fosse comentar? :P], eu cheguei a assistir esse vídeo há um tempo! De fato, os caras que prenderam o Sting [que era bem...exótico na época] eram os Four Horsemen, um dos grupos mais influentes na história da luta livre. (:
Embora eu ainda esteja tentando descobrir o que diabos o Robocop foi fazer no WCW. Hahaha!

Parabéns pelo blog, Paulo. Abração.

Paulo Almeida Prado 2 de março de 2010 16:45  

Então, concordo, acho a iniciativa da campanha bem louvável, apesar de engraçada...

Hahahahha pois é, eu li um pouco sobre essa aparição do Robocop na WCW, e parece que tem a ver com divulgação de uma das sequências, mas não tenho ctza!

Valeu pelo comentário, abs!

F.Mendes 4 de março de 2010 17:38  

Robocop e um icone que foi escrachado ao extremo e explorao demais!!! O primeiro filme e uma obra-prima, ams, suas 2 sequencias e a serie de tv sao de chorar. Estao planejando um remake, fica dificil acreditar que sera tao bom quanto aquele antigo filme.

Paulo Almeida Prado 4 de março de 2010 20:01  

é vdd! infelizmente ele foi mto batido, visando lucros...mas enfim, tomara que o remake fique bom!

Cesar 28 de março de 2010 16:23  

Procura no youtube, tem um comercial de uma marca de calça jeans que usou o Robocop como garoto propaganda. Se não me falha a memória eles usaram uma cena do primeiro filme em que o Robocop salva uma mulher ser estuprada. Tudo a ver com o seu post.

Paulo Almeida Prado 28 de março de 2010 17:51  

Obrigado pela dica, César!

Edgar 31 de março de 2010 13:26  

surreal no comercial do frango frito foi a música de de volta para o futuro no fundo, só pra completar a loucura :P

vinigcv 3 de abril de 2010 23:12  

Paulo,
Valeu por resgatar estas curiosidades lá do fundo do baú: o Robocop é um ícone que marcou a minha infância e a de muita gente.

Até vivenciei uma história curiosa, pena que não registrada em vídeo. Em 1990, qdo Robocop 2 foi lançado, tinha 7 anos (sem idade para assistir o filme no cinema).

Me lembro que aqui em Sorocab(SP), na noite de estréia do filme,um antigo cinema no Centro fez uma noite de autógrafos com o Robocop!

Meu pai me levou até lá: havia uma muvuca de pessoas. Estava lá o Rocop na calçada em frente: com sua inconfundível armardura e uma tabuleta no peito, presa por alças nos braços (?!?), para apoiar os papéis dos autógrafos!

Sei que peguei meu autógrafo e voltei feliz da vida pra casa, mesmo sem ver o filme. No dia seguinte, estava todo orgulhoso na escola mostrando meu autógrafo: um pedaço de papel onde ele escreveu "ROBOCOP", hehe...

abraços,

Vinicius Castanho
Sorocaba - SP

Paulo Almeida Prado 3 de abril de 2010 23:38  

Poxa, Vinicius!

Que legal...eu imagino como eu ficaria na mesma situação, seria algo que com certeza eu lembraria pelo resto da vida também!

Pena que não tem fotos nem nada, mas muito legal a história!

Valeu pelo comentário, abraços!

Motumbo 15 de junho de 2010 19:30  

Muito legal cara, parabéns. Fltou vc comentar da mini-série que inclusive até passou na Band onde temos o surgimento do segundo Robocop , tem uns efeitos até legais

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Spain by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP